Ela não vai voltar

07 março 2016

                          
Passei o dia deitada na cama, abraçada as minhas pernas com um pijama amarelo horrível que coloco sempre que algo ruim acontece. Lágrimas escorrem por meu rosto a cada lembrança que tenho dela. A janela está aberta, o céu escuro sendo iluminado apenas por trovões e cai lá fora uma chuva raivosa... Toda vez que fecho os olhos um pesadelo agarra meus sonhos e não consigo dormir. 
De manhã, depois de tanto me pressionarem a comer algo visto um casaco leve e saio para fora sentindo uma leve brisa que vem do mar. Passa em minha memória os dias felizes em que eu tinha tudo, a presença dela me bastava, me sustentava de pé e eu a perdi para sempre.
Sento na areia correndo minhas mãos sobre ela, vasculho cada onda que o mar trás liberando toda a tristeza que agora carrego em prantos. Vinte e nove de outubro, mil novecentos e noventa e cinco, o dia em que Deus recolheu minha mãe de minha vida. O dia em que meu sorriso cessou sem data para retornar.
A vida as vezes nos tira pessoas para que outras possam nos preencher, nos dá coisas que jamais esperávamos ter. Deus, ele sabe sempre oque é melhor para cada um de nós, e ele não tem culpa de sermos assim tão ingratos, insensatos. 
Eu sei que ela não vai mais voltar, e já faz tanto tempo... Mas ela olha por mim. Eu te amo mãe !

*Conteúdo fictício*  
 [Imagem de Pixabay]    
 DIGA NÃO AO PLÁGIO X

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Copyright PROPÓSITO FEMININO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.