09/04/2016

Chá com biscoitos


Mamãe disse que este ano vamos mudar de cidade. Vou sentir falta da nossa casa, dos meus amigos e do meu cachorrinho Tobby, ele vai ter que ficar porque vamos pra um apartamento. Estou triste, mudanças nunca me agradaram, digamos que é meu ponto fraco. Em especial sentirei muita falta de minha avó, quer dizer, ela é uma mãe para mim. 
Todas as tardes tomamos chá e conversamos por horas, vovó faz biscoitos deliciosos, ela diz que é receita de família... Ela também faz chá de camomila e coloca um pires com cubos de açúcar sobre a mesa, as xícaras dela são de flores. Vovó tem sempre uma história pra contar, dia sobre o vovô, dia sobre sua juventude. Já contei que ela usa óculos ? Eles são redondos e amarelados, antigos eu acho. Ela tem uma caixa que contém todo tipo de carta, e cada dia lê uma pra completar suas histórias. Da vontade de chorar às vezes, porque são histórias de amor e lição de vida, mas claro que não choro, não na frente da vovó. Ela é tão alegre, nem parece que tem seus setenta e nove anos. 
Certa vez me sentei a mesa para mais um de nossos chás e vovó leu uma carta que vinha de Londres. Um amigo muito sofrido, que foi apaixonado por minha tia avó Emília . O coitado fazia tudo para tê-la por perto, até dava rosas. Um dia Emília aceitou sair para caminhar na praia e o moço até saltitou de tanta felicidade. Vovó disse que no final desta história Emília se casou com um Barão e o pobre do moço morreu na guerra. Eu não entendi nada, mas só tem uma coisa que tirei como moral é não persistir em alguém que não me ama. Oque me lembra que vou embora esta semana. E eu amo tanto minha avó, não poderia deixá-la aqui. E nossas tardes ? Ainda nem chegamos até a metade das cartas. A minha vontade é virar criança, agarrar os pés da mesa e fazer birra até mamãe mudar de ideia. 

*Conteúdo fictício*
DIGA NÃO AO PLÁGIO X

4 comentários:

  1. Que texto lindo, me fez lembrar de tantas coisas, parabéns realmente muito bom.
    http://souadultaagora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, lindo não é ? Que bom que gostou, fico muito feliz, mais ainda por ter feito você si lembrar, espero que tenha tido lembranças boas. Muito obrigada por comentar, um beijo !

      Excluir
  2. Nunca me mudei de cidade, na verdade, nem de casa. Mas já mudei de escola, faculdade, emprego...mudanças são difíceis e trazem insegurança, mas com o tempo a gente passa a gostar delas e se tornam necessárias.
    Ótimo texto!
    Beijo

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, já mudei de tudo, até perdi a conta de quantas vezes. De cidade uma vez só, e acabei voltando pra mesma. É difícil se adaptar no começo. Obrigada Luana, beijos !

      Excluir